Um dos principais benefícios da música é o relaxamento, terapia similar a um tranquilizante, tão necessária nesses dias de isolamento social. Os efeitos da musicoterapia são reconfortantes e podem trazer paz interior e bem-estar, aliviando a ansiedade, o medo, a tristeza. A neurociência comprova as interferências da música no cérebro e no sistema nervoso.

Os sons da natureza – água, pássaros - são os mais procurados para o relaxamento. Uma rápida busca na internet e é possível encontrar uma infinidade de opções de músicas instrumentais nesse estilo, muito utilizadas em sessões de meditação. Mas há os clássicos, os hits internacionais e o pop brasileiro que ajudam a melhorar o humor e a trazer calma. Alguns estudos relacionam as canções mais relaxantes do mundo, como Weightless, do grupo Maroni Union, e Someone Like You, da cantora Adele. O POPULAR elaborou uma lista com sugestões para você ouvir em casa.

INSTRUMENTAL

Weightless: Composta pelo trio inglês Maroni Union, com ajuda de neurologistas e terapeutas, foi considerada em estudo no Reino Unido como a música mais relaxante do mundo. A faixa de 8 minutos tem uma versão de 10 horas de duração criada para diminuir a frequência cardíaca, reduzir a pressão arterial e diminuir o hormônio do estresse.

Azul: Uma das mais bonitas músicas relaxantes do brasileiro Aurio Corrá, que tem vários álbuns na linha new age e é referência entre praticantes de meditação, ioga e reiki. Vale a pena ser ouvido.

Mellomaniac – Chillout Mix: Composição do produtor de música eletrônica alemã Roger Shah, conhecido como DJ Shah.

Electra: Uma das favoritas para quem medita e quem tem dificuldade de dormir. Da banda Airstream.

Spotify: Há listas com as músicas mais indicadas no conceito de paisagem sonora, originado da palavra soundscape. Selecionamos Grounded Mind, Saudação do Sol, Canção para Adormecer, Pensamento Positivo, Sem Estresse, Força do Pensamento e As Ondas Alfa.

 

CLÁSSICA

Ave Maria de Gounod: Uma das composições mais famosas do francês Charles Gounod, sobre o texto em latim de Ave Maria, também conhecida como Ave Maria de Bach.

Arrival of the Queen of Sheba: A sinfonia, que é um oratório de Handel, é do século 18.

Noturno: Um clássico de Chopin em mais de 20 peças evoca os sons da noite.

Sonata ao Luar : Outro nome da Sonata nº 14 em C Manor, de Beethoven.

Clair de Lune: Composta por Debussy, a peça para piano é um clássico da música erudita.

 

POP INTERNACIONAL

Paradise: Coldplay é considerada a melhor banda para relaxar. A lista do grupo é extensa.

Only Time: Canção premiada da cantora e compositora irlandesa Enya no estilo new age está na trilha do filme Doce Novembro.

Someone Like You: O pop composto pela britânica Adele em parceria com Dan Wilson está listada como uma das mais relaxantes do planeta.

Somewhere Only We Know: A música da banda britânica Keane tem bela versão da cantora Lily Allen e está no filme O Pequeno Príncipe.

Somewhere Over the Rainbow: A canção do havaiano Israel Kamakawiwo’ole é outra forte sobrevivente por décadas desde o filme O Mágico de Oz em 1939, na voz de Judy Garland.

What a Wonderful World: A música de Bob Thiele e George David Weiss se destacou na gravação de Louis Armstrong de 1967.

 

POP NACIONAL

Céu de Santo Amaro: Composição de Flávio Venturini, cantada em duo com Caetano Veloso, é versão de Arioso Cantata, de Bach.

Sei: Nando Reis usa expressões universais para falar de amor.

Fico Assim Sem Você: O funk gravado por Claudinho & Buchecha ganhou versão relaxante na voz de Adriana Calcanhotto.

Paciência: Lenine fez parceria com Dudu Falcão nesta canção apropriada ao momento mundial.

Vilarejo: Na canção, Marisa Monte acalma o coração com sua voz doce e melodia suave.

Segredos: Uma das poucas composições de Frejat sem parcerias integra o álbum solo Amor para Recomeçar.