Difícil entrar na Loja do Dedé e não sair com alguma coisa na sacola. O baiano Divino de Souza, o Dedé, 53 anos, sabe negociar como poucos. “Tenho essa panela natural, de alumínio batido, mas também tenho essa outra aqui, usinada, fabricada no torno. Agora, se você quer mesmo algo diferenciado, precisa ter essa com revestimento de cerâmica, antiaderente, limpa com papel...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários