“Eu não tenho canino, para se ter uma ideia. Meus dentes são todos arredondados nas pontas, como se eles fossem lixados”, conta a estudante de psicologia Leticia Antoniosi, de 25 anos. Além de apertar as mandíbulas durante o sono, ela diz que range bastante os dentes e, por isso, eles são tão desgastados. “A minha mãe tem bruxismo; então, a gente já desconfiava que foss...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários