Elas já não querem príncipes encantados nem esperam por milagres de terceiros. O desconfortável sapatinho de cristal pode ser substituído pelo tênis e o desejo agora é poder realizar os sonhos trabalhando com o que se gosta. Em nova safra de readaptações de contos de fadas, princesas empoderadas acabam se tornando o retrato de uma geração que já não aceita pre...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários