É lei. Todo domingo o almoço na casa da servidora pública Sandra Christina dos Santos Vasques, de 58 anos, é preparado no fogão de lenha – ou fogão caipira como também é conhecido. Ela acorda cedo, separa a lenha e acende o fogo. O cardápio depende bastante das visitas. Arroz, feijão e frango caipira sempre aparecem no prato para ocasiões normais. Já quando a ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários