Uma dor no peito de Nana Caymmi parece impedir sua entrega à felicidade plena mesmo diante de um grande feito. Depois de dez anos sem um álbum solo, três sem subir em um palco, 53 depois de vencer o Festival Internacional da Canção com Saveiros, ela acaba de entregar um de seus feitos mais bem acabados. Onze canções clássicas de Tito Madi, uma das vozes que a d...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários