Parecia um dia normal no apartamento do casal de aposentados Juraci Inocêncio de Sousa, de 65 anos, e Iracília Sônia Maia de Souza, de 61. A mulher estava fora de casa enquanto o marido preparava o almoço. Foi o filho adolescente deles que percebeu que algo de estranho tinha acontecido com Juraci. Sentado no sofá com um prato na mão, ele estava com os olhos vi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários