Quem pensa no legado literário da Grécia Antiga quase invariavelmente tem na cabeça os poemas épicos de Homero ou o teatro ateniense. Mas os gregos da Antiguidade também inventaram o romance de aventura, um gênero repleto de novelões deliciosos cujo maior expoente acaba de ganhar uma tradução brasileira.Não se assuste com o título impronunciável. Quéreas e Calírroe,...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários