A live da dupla sertaneja Jorge e Mateus, no sábado (4), além de bater o recorde de acessos simultâneos, também gerou críticas na internet. Uma foto publicada nas redes sociais mostra uma quantidade considerável de pessoas na equipe por trás da transmissão, feita com o slogan de incentivar o isolamento social em meio à crise do coronavírus, o que acabou gerando uma impressão controversa da live.

Na foto é possível ver pessoas operando diferentes funções para colocar a transmissão no ar e, inclusive, um garçom que servia bebidas aos cantores. Apesar da maioria estar de máscara, a aglomeração preocupou internautas.

Infectologista

Procurado pelo POPULAR, o infectologista Boaventura Braz de Queiroz disse que é realmente preocupante a presença significativa de pessoas em uma transmissão que deveria incentivar o oposto. “Se houve aglomeração em um ambiente relativamente fechado, vai contra todas as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e, inclusive, o decreto do governador. Este não é o momento de reunir pessoas, independentemente se é evento público ou particular”, disse.

“É claro que não tem como regular a vida privada, mas devemos estar atentos à regra, que é de evitar aglomerações”, acrescentou. Segundo ele, a utilização de máscaras pelos funcionários não inibe a transmissão do vírus, menos ainda no caso do garçom que servia bebidas. “Correndo o risco de alguém assintomático contagiar os demais, por exemplo”, explicou.

Braz de Queiroz reforçou, ainda, que os únicos serviços com aglomerações autorizadas são aqueles essenciais, como o serviço de Saúde, onde não tem como reduzir equipe no momento em que está à frente no combate ao coronavírus. E, ainda assim, com protocolos rigorosos de proteção aos trabalhadores.

Jorge e Mateus

Durante a live, Jorge informava aos telespectadores que todos os cuidados estavam sendo tomados. “Tem mais álcool em gel aqui do que cerveja”, disse em um momento da apresentação. Questionada pela reportagem, a equipe da dupla sertaneja disse que dividiu as equipes por dias e horários para evitar a concentração de pessoas.

“A equipe de cenário montou na sexta, a equipe de som montou no sábado de manhã, e a equipe de filmagem entrou com os equipamentos no sábado à tarde e já ficou pra live”, responderam. No total, foram 18 trabalhadores envolvidos na produção.

Sobre o garçom, a assessoria de Jorge e Mateus disse que a presença dele não era desnecessária. “Estava trabalhando e utilizou luvas e máscara, assim como o restante da equipe. A live durou mais de 4 horas e antes do início haviam montagens, então, lanches foram servidos para quem estava ali. Tomamos o cuidado até com a maneira como era disponibilizado esse serviço: os recipientes eram descartáveis e por isso uma pessoa responsável e encarregada para a atividade de preparar e servir individualmente para quem estava ali trabalhando”, detalharam.

A equipe também afirma que a dupla chegou ao local da transmissão pouco antes do início para evitar aglomeração. “A instrução para quem entrava na casa era a lavagem das mãos, primeiramente. Máscaras e luvas, foram entregues para todos que estavam presentes. Deixamos algumas a mais disponíveis na casa, caso alguém precisasse.”

Além disso, como informado por Jorge, havia frascos de álcool em gel espalhados pelo local. Quanto às críticas, a assessoria disse que não considera que houve aglomeração de pessoas, como vem sendo levantado na internet. “Seguimos todas as normas recomendadas pela Organização Mundial da saúde e Ministério da Saúde. ”

Por fim, Jorge e Mateus comemoraram os resultados. “As arrecadações tiveram números expressivos e sabemos o quanto isso é válido dentro desse cenário que estamos vivendo. Vamos avante, ajudando e trabalhando em prol dos que mais precisam e continuar vestindo essa camisa da solidariedade. ”

Segundo a assessoria, foram R$ 1.082.993 arrecadados em doações. O que equivale a mais de 216 toneladas de alimentos, mais de um milhão de refeições. Foram, também, 3,1 milhões de acessos simultâneos durante a live e 38 milhões de visualizações no YouTube.

Veja o que disseram as pessoas nas redes sociais sobre a equipe de bastidores: