Após o Grammy Latino passar a reconhecer o funk brasileiro como estilo de música urbana, o assunto chegou a ser um dos mais comentados no Twitter e famosos do meio do ritmo musical celebraram a mudança da premiação.

A cantora Ludmilla, 26, se manifestou em seu Twitter e afirmou que os "anos de luta e resistência serão reconhecidos". No ano de 2019, sua música em parceria com MC Lan, "Malokera", foi trila sonora do desfile da marca de lingerie da cantora Rihanna, 33, na Semana de Moda de Nova York.

"Que conquista pro nosso funk gente! Esse reconhecimento é de todos nós funkeiros que sempre lutamos e continuamos lutando até hoje para quebrar barreiras", escreveu Ludmilla. "Nós estamos vencendo", completou a cantora.

Lexa, 26, também comemorou a mudança nas redes sociais. "Nosso funk sendo cada vez mais reconhecido! Que orgulho de todos os artistas que fizeram isso acontecer... Eu faço parte disso! Eu sei que faço", afirmou.

No site da premiação, o termo fusão ou interpretação urbana passou a ser deifinido como: "gravações, vocais (apenas singles ou faixas) que foram gravadas por artistas solo, duetos ou grupos (individuais ou em colaboração) apresentando uma gravação de caráter urbano (incluindo subgêneros como rap, reggaeton, hip hop, R&B, funk brasileiro, trap, dancehall etc)."

Além disso, muitos internautas fizeram tuítes com a mensagem "Anitta, você venceu", em referência ao trabalho que a cantora desenvolve para que o estilo musical ganhe espaço mundo afora.

A cantora já disse em diversos momentos de sua carreira que ia fazer o funk ser respeitado. Em 2020, a cantora foi a responsável pela única participação brasileira na cerimônia principal do Grammy Latino de 2020.

O Grammy Latino está previsto para acontecer dia 18 de novembro deste ano, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O anúncio da lista dos indicados será feito no dia 28 de setembro.