As aventuras do travesso Zezé, protagonista do clássico Meu Pé de Laranja Lima (1968), ainda estão guardadas com carinho na memória da escritora Maria Clara Dunck. O livro marcou a infância da jovem mãe e ela, agora, repassa a paixão para a filha, Greta, de pouco mais de 1 ano. Criar o hábito da leitura e ler em voz alta é uma prática que Maria preserva desde ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários