“Você é aquela menina que canta bem? Vá buscar seu violão”, Gal Costa ouviu de sua maior referência, João Gilberto, quando o encontrou pela primeira vez, em Salvador. “Corri em casa, peguei meu violão. Ele cantou e pediu para eu cantar, e assim foi. Quando parei de cantar - um repertório basicamente dele, que eu conhecia todo -, ele disse ‘você é a maior cant...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários