Diretor do aclamado O Lobo Atrás da Porta (2013), o paulista Fernando Coimbra teve sua carreira iniciada com o curta O Retrato de Deus Quando Jovem (1996), mas os tempos eram outros. “Os festivais eram a nossa única janela de exibição. Hoje, com a popularização das plataformas digitais, até a maneira de se produzir cinema mudou. Tudo está mais acessível, simples e barato. Quan...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários