A família do Dj sueco Avicii, encontrado morto na semana passada aos 28 anos, emitiu um novo comunicado nesta quinta-feira (26), afirmando que o jovem, de "alma frágil", evitava os holofotes e queria encontrar paz.  De acordo com as informações divulgadas, Tim Bergling, seu nome de batismo, "lutava contra a vida e não poderia continuar por mais tempo". O ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários