Desde maio, o Ocupa Feteg está promovendo cursos, laboratórios colaborativos, oficinas e fóruns conectando artistas e produtores de diversas áreas para dialogar sobre sustentabilidade em arte. “Todas as atividades estão partindo desse lugar de conversa. Precisamos pensar em participação econômica para continuar existindo, em como viver de arte”, destaca Thiago Moura, ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários