“Uma história começa em qualquer lugar e em qualquer momento”, diz o prólogo de Maria Altamira, sétimo romance da escritora, tradutora e editora Maria José Silveira (Editora Instante). No livro, a história tem início em 1970 na cidade de Yungay, no Peru, com eventos que se assemelham a outro momento ocorrido na cidade de Altamira, no Pará, apresentado anos mais tarde. Sã...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários