Já tornou-se lugar comum nas megaproduções para o cinema e TV desfechos que abrem as portas para outras histórias no mesmo universo fictício. O final muitas vezes é só um novo começo. E isso pode desagradar uma boa parcela do público. Tem gente que se envolve tanto com o enredo que é capaz de apontar mínimos deslizes que contrariam a essência de personagens impo...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários