Quem chega à casa do funcionário público Randal Rodrigues da Cunha, de 66 anos, é recepcionado por uma extensão das cores, formas e aromas que vem do quintal. Um corredor repleto de plantas dá acesso à entrada principal. “É uma forma de dar boas vindas a quem chega”, explica. Lá dentro, coqueiros, areca-bambu e plantas medicinais se misturam no ambiente favorito do don...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários