Em 13 de outubro de 1968, aos 82 anos, morria um dos maiores poetas brasileiro. Manuel Bandeira, uma pernambucano do Recife que viveu boa parte de sua vida no Rio de Janeiro. Foi ali que, em 1917, publicou seu primeiro livro, A Cinza das Horas, então sob influência parnasiana e simbolista. Mas logo envolveu-se com os modernistas, tanto que seu poema Os Sapos abriu a S...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários