Assim como os leitores do POPULAR, foi nas páginas de um jornal que o cineasta brasiliense Marcelo Díaz conheceu a história da goiana Maria Luiza Silva. Cabo da Força Aérea Brasileira (FAB) durante 22 anos, ela foi aposentada por invalidez, após assumir sua condição de transexual. Depois de quase duas décadas de disputas judiciais, em maio deste ano, o Superior Tr...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários