“Cora Coralina, para mim, é a pessoa mais importante de Goiás. Mais do que o governador, as excelências parlamentares, os homens ricos e influentes do Estado. Entretanto, é uma velhinha sem posses, rica apenas de sua poesia, de sua invenção e identificada com a vida como ela é, por exemplo, uma estrada.” Em 27 de dezembro de 1980, Carlos Drummond de Andrade dedicou sua crô...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários