Do sertão pernambucano à periferia da cidade de São Paulo, Marcelo Jeneci traça um interessante recorte dos múltiplos Brasis em seu novo disco, Guaia. O nome vem de Guaianases, bairro da Zona Leste de São Paulo, no qual o músico nasceu e foi criado. “Foi construído por trabalhadores de vários lugares que espalham afeto, resistência, dança, dores, cores e cultura. Lá, r...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários