As imagens que abrem o filme "Alvorada" mostram aquelas colunas sobrenaturais que Niemeyer fez brotar do cerrado na forma de palácio, lar destinado ao líder desta Roma mestiça e tropical, sobre a qual escreveu Darcy Ribeiro. O som da "Sinfonia nº 10", de Villa-Lobos, só reforça a evocação de um Brasil moderno, que não parece o mesmo daquele do rame-rame da velha política a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários