Filmes-catástrofe formam um filão forte no cinema desde os anos 1970, quando Terremoto e Inferno na Torre estouraram as bilheterias. Depois de um bom tempo sem nenhum exemplar notável, com filmes até bem ruins como 2012, surge no meio da pandemia um dos melhores a seguir essa fórmula. O título no Brasil é um tanto longo e infeliz, Destruição Final – O Último Re...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários