Sincerão, Rodolfo

"Esses dezoito minutos no Uber são o meu recreio”

“Beijo na Nilze, Rodolfo, até!”

“Até! Cê vai como?”

“Tô chamando um Uber, aqui.”

“Imagina, te dou uma carona.”

“Não precisa, ó, dá R$ 6,80,…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários