Quem vê calça não vê coração (nem currículo)

"Quando pequeno, eu observava os advogados engravatados subindo e descendo no calor quase desértico de Goiânia e me perguntava o porquê de não usarem uma roupa mais apropriada”

“Você sabe que não vai mais poder…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários