Perdido na praia

"Como cabia dor em espaço de tão intensa luz? Como conviviam tão de perto as tragédias e a beleza?”

O som dos aplausos avançava aos poucos como uma onda. Começava mais distante e seguia adiante caminhando pela praia ininterruptamente, junto com o homem do Corpo de…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários