Para sempre

A Manuela penteando o cabelo na frente do espelho, e eu ao lado, olhando. Nessas horas sempre penso a mesma coisa: como ela cresceu, como o tempo passa, como é encantadora, como é inteligente – essas coisas de avó babona. Estou ali parada, observando e sorrindo (momento doçura total) e…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários