Minha última crônica

Eu não escolhi Arial: era a fonte no computador do meu pai quando, em algum momento do colegial, os professores passaram a pedir os trabalhos digitados. Em Arial escrevi sobre mercantilismo, mitocôndrias, hiatos e ditongos. Ao ganhar meu primeiro…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários