Horror e poesia

Se há uma coisa que penso já ter deixado clara até demais é a minha profunda rejeição à figura desse presidente do Brasil (na intimidade tenho nomes diferentes para ele, mas isso não vem ao caso). Em primeiro lugar, é um chato. Seu senso de humor é grotesco, tem o hábito de humilhar…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários