O vento soprava fresco, quase frio, na descida das escadas da Basílica do Divino Pai Eterno. Sempre que preciso renovar minha fé, é para lá que me dirijo. Em tempos de pandemia, em vez de adentrar o Santuário para rezar, me contento em ficar do lado de fora e fazer minhas orações de pé.

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários