Muito amarelas, as primeiras folhas secas de outono começavam a cair na grama. Sentei-me no banco do parque para admirá-las, quando, de repente, alguém chamou pelo meu nome.

Era Renato, um amigo de academia. Não nos víamos havia três anos. À época, era casado e fazia…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários