A porta voadora

Assim como nos paraísos, não há muito o que fazer durante a morte, e quem não estiver preparado para o “dolce far niente” há de penar. Dessa forma se explicam as muitas almas penadas por aqui e por ali. E numerosos são também os que penam, porque enquanto…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários