Quem conhece o trabalho do arquiteto W. Leão Ogawa, sabe que, ao lado do sócio Heitor Arrais, ele não economiza no arrojo – seja na escolha do mobiliário, na projeção dos espaços ou até na mudança de perspectiva, principalmente se tratando de ambientes cujas medidas estão cada vez mais tímidas. E é nesse aspecto que a escolha das cores ganha fundamental importância. “Elas tra...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários