Não sei você, mas eu não queria, por nada, estar na pele de Mike Flanagan. Hoje ele “chega” aos cinemas com uma responsabilidade e tanto: dar continuidade a um clássico que na década de 1980 foi dirigido por ninguém menos que Stanley Kubrick. Como se isso não bastasse, Doutor Sono, assim como O Iluminado, é uma adaptação de um romance do mestre do terror, Stephe...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários