É preciso ter disposição para aguentar horas afinco de dancinhas coreografadas, piruetas no ar, fantasias calorentas e muito sol na cabeça. Em média, a Carreta da Alegria, que ancorou em Goiânia em novembro, quando o Natal da Praça Tamandaré começou, faz dez giros diários pela cidade, em roteiro pré traçado: sai do Setor Oeste, vai para a Praça Cívica, desce a ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários