As palavras de Cora Coralina voltam a preencher, a partir de hoje, a casa da ponte da Lapa. Elas vão entrar pela porta das visitas, ganhar paredes e até a água da bica e o ar fumegante da cozinha. O evento que marca o retorno está marcado para começar às 19 horas entre as paredes que abrigaram Cora (1889-1985) e se tornaram museu há 27 anos.O museu está aproveitando a m...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários