Começar a carreira na infância é o caminho natural de quase todo artista e não faltam exemplos, caso de G. Fogaça, que tem no currículo exposições com frequência em países como Chile, Cuba, Portugal e Bélgica. O goiano começou a pintar na infância, aos 10 anos, e passou por várias transformações na sua produção. Quando criança, ele pintava paisagens em preto e branco infl...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários