Caetano Veloso perdeu o processo que movia contra Marco Feliciano (Republicanos-SP). O deputado havia dito em 2017 que o músico estuprou Paula Lavigne, com quem depois se casaria. Quando ficaram juntos pela primeira vez, ela tinha 13, e ele, 40. Feliciano, que também é pastor evangélico, usou suas redes sociais para pedir que o Ministério Público recomendasse a pris...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários