Nem sempre as tentativas de introduzir novos alimentos no dia a dia da criança são bem-sucedidas. No caso das que são muito seletivas, experimentar coisas novas torna-se um verdadeiro pesadelo e é motivo de frustração. Felizmente, esse não é o caso da pequena Lyandra de Jesus Figueiredo, de 8 anos. Sua mãe, a operadora de vendas e estudante de nutrição Alyne Eliana de Jesus,...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários