Nada trará de volta o que as chamas consumiram na fatídica noite de 2 de setembro de 2018, mas agora começamos a visualizar como ficará a sede do Museu Nacional. Ao longo do ano passado, a Unesco coordenou a licitação para definir o projeto arquitetônico e de restauro do palácio que foi residência oficial da família imperial brasileira. Foi escolhido o cons...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários