A divisão dos bens deixados por Gugu Liberato após sua morte, em 22 de novembro, se tornou alvo de litígio quando a ex-companheira dele, Rose di Matteo, buscou a Justiça para ser a inventariante da herança. Ela, no entanto, foi deixada de lado no testamento assinado pelo apresentador. Marcos Antônio Tereza, advogado de Rose, explicou em entrevista ao Na Telinha que, m...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários