Depois das críticas que o secretário especial da Cultura, Mario Frias, dirigiu ao humorista Marcelo Adnet, a Secretaria de Comunicação do governo Bolsonaro afirmou no Twitter que "infelizmente, há quem prefira parodiar o bem e fazer pouco dos brasileiros". O perfil oficial do órgão escreveu, ao lado de uma foto de Adnet, mas sem mencionar seu nome, que não imagin...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários