Com a temática política, a peça “Era Só o Que Faltava” promete levar humor àqueles que comparecerem ao Teatro Carlos Moreira nesta sexta-feira (10/09), às 20 horas, ou assistirem à transmissão on-line pelo canal no YouTube do teatro. 

Para a apresentação presencial estão disponíveis 60 vagas, o que corresponde a 50% da ocupação, como medida de segurança diante do contexto de pandemia. O ingresso custa 20 reais. A casa, que ficou fechada um ano e meio por conta da pandemia e reabriu no fim de agosto, diz contar com “a sensibilidade e apoio” do público neste momento de retomada das atividades.

Quem não puder, ou não quiser, comparecer ao local, tem a opção de assistir a peça de forma virtual, pelo canal do YouTube do teatro. A transmissão será em tempo real. 

A comédia satiriza o marketing político e suas polêmicas, tão presentes no mundo das redes sociais ao ponto de tornaná-las um ambiente fértil para a caça aos votos. Em um intenso e ágil jogo teatral, os atores vão encenar inusitadas artimanhas de dois marqueteiros para transformar um pacato cidadão comum numa grande raposa política, como muitas presentes na fauna da politicagem brasileira. 

Direcionada não somente à classe política, mas também à figura do eleitor desatento, a sátira é uma realização da Companhia de Teatro Carlos Moreira. O trabalho contou com o roteiro do dramaturgo, diretor e professor de teatro Mauri de Castro, além de reunir no elenco Carlos Moreira, Eurípedes de Oliveira e Ery Ferreira.

SERVIÇO
Peça “Era Só o Que Faltava”
Data: 10/09 (sexta-feira)
Horário: 20h
Ingresso: 20 reais - (pix: CNPJ 11482835000141)
Reservas feitas pelo whatsapp: 62991426714
Local: Teatro Carlos Moreira - Rua do Lazer (Rua 8), S/N - Centro, Goiânia
Canal do Youtube do Teatro Carlos Moreira

(Maria Juliana Souza, estagiária do GJC em convênio com a PUC-GO)