Meghan Markle, 39, esposa do príncipe Harry, revelou que sofreu um aborto natural em julho, em um artigo de opinião publicado nesta quarta-feira (25) no jornal New York Times.

"Eu sabia, enquanto segurava meu primeiro filho, que estava perdendo meu segundo", escreveu a duquesa de Sussex, que se casou em 2018 com o Príncipe Harry, sexto na linha de sucessão à coroa britânica.

Em outubro, Meghan conseguiu que o julgamento de seu processo de violação de privacidade contra um tabloide do Reino Unido fosse adiado em cerca de nove meses. A decisão aconteceu após o juiz ouvir um argumento confidencial de seus advogados para justificar a prorrogação.

A duquesa de Sussex está processando a Associated Newspapers por causa de artigos do Mail on Sunday que incluíram partes de uma carta manuscrita que ela enviou ao pai, Thomas Markle, em agosto de 2018. Um julgamento deveria começar em Londres em janeiro.

O juiz Mark Warby disse que concedeu o adiamento depois que a equipe de Meghan deu uma “justificativa confidencial” para tanto.

Atualmente, Meghan e Harry moram em Los Angeles com o filho pequeno, Archie, tendo abdicado de suas funções reais no final de março.