Quando o assunto é emagrecimento, muita gente busca um resultado rápido e eficaz. Mas para isso, essas pessoas tendem a tomar atitudes radicais e fazer dietas extremas, que inicialmente até podem proporcionar perda de peso na balança, mas não significa que seja de forma saudável e sustentável.

“Dizem que é errando que se aprende, mas nem sempre o ditado se aplica para quem quer emagrecer, já que as pessoas continuam repetindo erros comuns, fazendo da perda de peso algo quase inatingível", diz a nutricionista Ivana Cobe, do 5S Estilo de Vida Saudável.

Com isso em mente, a especialista selecionou os principais erros cometidos durante o processo de emagrecimento e maneiras de evitá-los Confira:

1 - Pular refeições

Não realizar uma refeição pensando que irá emagrecer por comer menos é um dos principais erros que as pessoas cometem. “Quando se passa longos períodos sem se alimentar, o organismo utiliza proteínas do músculo, fazendo com que aconteça a perda de massa magra no lugar da gordura. Além disso, se a pessoa inicia uma refeição com muita fome, a tendência é que ela acabe exagerando nas quantidades.”

A nutricionista ainda ressalta sobre a diferença de pular refeições e de fazer o jejum intermitente. “Quando planejado e programado, o jejum intermitente é benéfico para a perda de peso, o que não acontece quando a pessoa resolve pular refeições, se alimentando em horários desregrados e beliscando petiscos entre as principais ceias, por exemplo."

2 - Comer rápido

Quando a pessoa come muito rápido, ela acaba por comer mais para se satisfazer, tendo em vista que o cérebro demora cerca de 15 minutos para processar a ingestão de alimentos e proporcionar saciedade. "Por isso, é necessário criar o hábito de ingerir devagar. Uma dica para começar é contar as mastigações, de 30 a 50 vezes, e evitar distrações durante a alimentação. Isso fará com que o cérebro compreenda esse novo ritmo de ingestão de alimentos e, com o tempo, essa prática se tornará automática", sugere.

3 - Restringir a alimentação

Fuja das dietas que retiram um tipo de alimento ou que possuem calorias vazias. “Dietas como da sopa, maçã, da proteína, entre outras, devem ser evitadas ou acompanhadas por um profissional da área da saúde específico para não causar déficit de nutrientes no organismo”, garante Ivana. 

Segundo a profissional, o segredo para o emagrecimento sustentável é a reeducação alimentar e isso só é possível através de uma alimentação balanceada e completa.

4 - Exagerar nos finais de semana

“Comer direito em todos os dias da semana para poder exagerar no final de semana é um dos piores erros que alguém pode cometer se quiser emagrecer pois, de uma forma ou outra, a pessoa irá ingerir todas as calorias que estava evitando."

Manter uma rotina diária saudável em todos os momentos é importante. Se acontecer algum exagero, a dica é compensar no dia seguinte com um cardápio mais leve, porém essa atitude não pode ser recorrente.

5 - Não contar com a ajuda de profissionais

Emagrecer sozinho é possível, mas o processo será muito mais eficaz com a ajuda de profissionais especialistas em emagrecimento. “Isso porque as pessoas tendem a pegar dietas prontas ou seguir dicas da internet, mas cada corpo é único e deve ser tratado com exclusividade. Portanto, o acompanhamento é essencial para garantir um emagrecimento saudável e sustentável”, finaliza a nutricionista.