“Eu sonho com um mundo no qual haja realmente igualdade entre homens e mulheres e que seja quebrada toda essa ideologia de que mulher é sempre frágil, pequena e submissa", diz Beatriz Ferreira Peixoto. Beatriz é uma das mulheres que posaram para as lentes das fotógrafas Rosary, Regina e Raquel Esteves, da Casa da Fotografia.

Cada uma delas têm histórias de superação de limites e desafios. O resultado do ensaio pode ser visto na exposição “Elas Por Elas”, no hall de entrada do Grupo Jaime Câmara, como uma homenagem ao Mês da Mulher. Além dos cliques, as protagonistas gravaram depoimentos em vídeo, que serão exibidos durante a exposição.

"Eu fui criada pela minha mãe, porque meus pais se separaram quando eu ainda era pequena. Então ela assumiu os dois papéis. Criou as duas filhas até uma certa idade. Minha irmã suicidou-se quando eu tinha apenas 9 anos, e minha mãe passou a barra de ter que terminar a faculdade, trabalhar e cuidar de mim, mesmo em todo esse furacão. O que quis dizer com tudo isso é que as mulheres são muito mais fortes do que são retratadas. São muito mais fortes do que pensam que são. Gostaria de ter uma foto na qual isso fosse retratado porque, na maioria das vezes, utilizam a mulher como simples objeto, sexualizando o nosso corpo”, conta Beatriz.

Assista ao vídeo:

Serviço:

Exposição fotográfica ‘Elas por Elas’ 
Exposição até 2/4
Hall de entrada do Grupo Jaime Câmara - Rua Thomas Edson, 400, Setor Serrinha
Entrada Gratuita