A ingestão diária de cálcio é um hábito importante para prevenir e tratar a osteoporose, doença que reduz a massa óssea, ocasionando a piora da qualidade dos ossos. Mas engana-se quem acredita que só consumir alimentos ricos nesse mineral seja o suficiente. Segundo o reumatologista Leandro Parmigiani, para que o cálcio seja devidamente absorvido é preciso que o organismo receba também a vitamina D, pois além de ajudar na absorção, é muito importante para que os ossos tenham um crescimento adequado.
 
A maneira mais fácil e eficaz de conseguir essa vitamina é através da exposição solar que, de acordo com o especialista, deve ser feita em um período de 15 minutos por dia sem proteção para que o organismo consiga sintetizá-la. O médico ressalta que a importância da vitamina D interfere até mesmo no andamento do tratamento da doença. "Os níveis de cálcio no sangue e a vitamina D devem estar acima de seu limite inferior para que o tratamento da osteoporose consiga ser efetivo", explica.
 
Somente no Brasil, a osteoporose atinge 10 milhões de pessoas, como mostra estimativa da Fundação Internacional de Osteoporose (IOF). Porém, é possível preveni-la com a adoção de hábitos saudáveis. "Entre os hábitos que devem ser adotados estão: ingestão de cálcio, atividades físicas regulares, principalmente musculação. Além disso, é importante evitar o consumo excessivo de café e álcool, não usar drogas, tratar doenças endócrinas existentes e usar cálcio quando estiver fazendo uso de medicamentos que reduzam a absorção do mineral", conclui o reumatologista.