Longe de serem considerados coadjuvantes, os utensílios domésticos têm chamado cada vez mais atenção na composição da mesa, na arrumação do banheiro ou nos detalhes do quarto. Ao pensar nos elementos para a cozinha, combinar funcionalidade com estilo, por exemplo, é escolha certeira. Materiais fáceis de limpar também devem ser priorizados em detrimento dos que são mais frágeis e difíceis de manipular.

Cada detalhe faz a diferença na hora de arrumar a mesa. Taças, louças e guardanapos podem ter as cores em harmonia. Castiçais e vasos de flores dão um toque especial e contribuem para o deleite das refeições. Já o banheiro ganha em arrumação ao contar com cestos de diferentes tamanhos como os organizadores de produtos. Saboneteiras, porta escovas e demais aparatos podem ser encontrados nos mais variados materiais. Até os utensílios utilizados para a higienização já são oferecidos em diversos estilos para não destoarem no ambiente.

Para o quarto, opte por acessórios com características mais intimistas, com cores relacionadas ao gosto pessoal de quem o ocupa. Porta-retratos contribuem para essa personalização, enquanto o abajur ou a luminária ajudam a criar um clima aconchegante.

Harmonia

* Ao escolher utensílios para um determinado ambiente, leve em consideração o estilo que já vem sendo consolidado, sob pena de ficar com uma miscelânea de cores e tendências diferentes na hora de arrumar a mesa, por exemplo;

* Tente conciliar utilidade e estilo na escolha dos utensílios domésticos. Praticidade e facilidade no uso devem ser levadas em consideração;

* É sempre bom pensar nos objetos mais comuns para o uso diário e reservar aqueles mais sofisticados para ocasiões especiais.