"Sonhos são possíveis! Basta acreditar", disse Wendell Lira nas redes sociais após ganhar o prêmio Puskás 2015. O jogador, antes mesmo do resultado da premiação, já se sentia vencedor. Afinal, ele nunca imaginou que um dia estaria concorrendo a uma premiação tão importante para sua carreira profissional. No entanto, o jogador de futebol, que bateu ninguém menos que Lionel Messi, levou para casa o troféu após marcar um golaço no Campeonato Goiano de 2015.

Sonhar, todos nós sonhamos. Traçamos metas e corremos atrás para que elas se tornem realidade, mas têm coisas que fica difícil acreditar e nem ele acreditou quando soube que estava entre os 10 selecionados e, depois, entre os três. E eu fiz o que pude para que Wendell pudesse concorrer com a beleza dos seus ídolos. Cheguei a assustar Wendell, quando fiz todas as observações clínicas como cirurgiã-dentista e como mulher detalhista que sou.

A esposa Ludmyla, acompanhando o sorriso de Wendell, que cada dia ficava mais bonito, disse: "Quero ir à Karyne". E ele então disse: "Então vá se preparando que ela vai dizer que você precisa fazer um monte de coisas”. Risos. E foi bem por aí que começamos a transformação do sorriso de Wendell.

Uma pessoa capaz de sorrir com os olhos, cativa! A simplicidade, a alegria, a expansividade em se comunicar, a seriedade com os seus compromissos (pontualidade) e o jeitinho meigo conquista. Então, o meu trabalho foi apenas realçar o sorriso dele para a tão grande premiação.

E eu consegui! O sorriso dele provavelmente era o mais branco daquele evento. Não estou falando de dentes "artificiais". Estou falando de dentes naturais clareados em seis sessões de muita desconcentração e ótimos papos, sem sensibilidade dental ou qualquer desconforto.

Mas o que realmente o incomodava no seu sorriso eram o sorriso gengival e o desconforto que ele sentia em não consegui selar bem os lábios, devido à musculatura facial muito tensionada (forte). Naquele momento, as vésperas do grande dia, era preciso muita cautela. O melhor seria correção cirúrgica gengival, mas além de não ser a hora, ele não deseja passar por qualquer procedimento cirúrgico. Ele é uma atleta e, sendo assim, é complicado parar.

Nossa opção, que por sinal é um excelente e seguro procedimento da odontologia, foi a aplicação da toxina botulínica (botox) para melhorar e harmonizar a estética do sorriso, onde tratamos também o que gerava dores faciais, acentuados desgastes dentais e o que atrapalhava o sono da esposa Ludmyla, que era o ranger de dentes (bruxismo). Após esse procedimento, Wendell me relatou todas as melhoras e disse: "Mudou totalmente o meu sorriso. Consegui fazer um tratamento que mudou totalmente meu sorriso. Fez um trabalho bacana. Foi um anjo que apareceu", ressaltou.

A odontologia quando muito bem executada muda a vida das pessoas. E desde então, quando vejo Wendell nas telas da TV ou em fotografias pela internet, me orgulho em ter tido a honra de cuidar desse campeão, que ao deitar em minha cadeira me disse: "Karyne, eu confio em você".

Difícil agora vai ser colocar ele na cadeira para continuarmos o que falta. Antes do 11/01 não tivemos tempo para fazermos as fotos finais dos resultados aos procedimentos realizados, ele já não tinha mais tempo. Imagina agora? Mas com jeitinho, eu sei que a Fabíola (minha auxiliar) consegue. Risos.

*Karyne Magalhães é cirurgiã-dentista, habilitada em Laserterapia e qualificada no tratamento da Halitose, vice-presidente da Associação Brasileira de Halitose (Abha) e membro da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-GO)